Saltar al contenido
alergia tinta tatuagem

As tintas de tatuagen que mais alergias provocam

As tatuagens são uma forma de expressão artística que ganhou popularidade em todo o mundo, em especial ao longo dos últimos anos. No entanto, antes de tomar uma decisão definitiva, deve ter em conta um aspeto importante: as tintas utilizadas. Embora a maioria das pessoas não tenha problemas com elas, há certas tintas de tatuagem que têm sido associadas a reações alérgicas em algumas pessoas que são sensíveis aos seus componentes.

 

Sintomas de alergia à tinta de tatuar

Tal como acontece com outros materiais utilizados para modificações corporais, como as tintas para o cabelo, as tintas de tatuagem podem desencadear reações alérgicas em algumas pessoas. Estas podem manifestar-se através de uma série de irregularidades na zona onde a tatuagem foi realizada, devido a uma resposta excessiva do organismo à presença da substância. Alguns dos sintomas mais recorrentes são:

  • Inchaço e vermelhidão da zona tatuada.
  • Reações cutâneas, como dermatite, à volta da tatuagem.
  • Bolhas que sangram.
  • Possível erupção cutânea à volta da tatuagem; causada pelas linhas de tinta que a delimitam.
  • Supuração.
  • Náuseas e vómitos.
  • Em casos mais graves, inchaço das vias respiratórias e problemas respiratórios.

Da mesma forma, embora a maioria das reações adversas às tintas de tatuagem apareçam ao fim de poucos minutos ou horas após a realização do trabalho, há casos em que podem aparecer passadas semanas, meses ou mesmo anos. Por este motivo, no caso de qualquer desconforto anormal na zona tatuada, o melhor é consultar um profissional de saúde que possa fazer um diagnóstico correto.

 

É normal uma tatuagem dar comichão?

Se uma tatuagem der comichão, isso pode dever-se a diferentes causas:

  • Processo de cicatrização: se já passaram alguns dias desde que fez a sua tatuagem, é bem possível que esteja a dar comichão porque, durante o processo de cicatrização, a pele tende a secar. Neste caso, não se esqueça de hidratar a zona com um creme hidratante neutro.
  • Infeção: se sentir comichão na sua tatuagem, juntamente com vermelhidão, supuração e inflamação, esta pode estar infetada.
  • Reação alérgica à tinta: como já foi referido, algumas tintas de tatuagem podem conter ingredientes que podem provocar uma reação alérgica em algumas pessoas.

Se sentir desconforto na zona tatuada, é melhor, em qualquer caso, consultar um especialista para esclarecer quaisquer dúvidas que possa ter. Se sofrer de uma alergia, ser-lhe-á indicado como proceder e qual o tratamento a seguir.

 

De que são feitas as tintas das tatuagens?

Os materiais de que as tintas de tatuagem são feitas foram evoluindo ao longo do tempo. Originalmente, costumavam conter metais pesados, o que tornava a ocorrência de alergias a esses metais mais comum, assim como outros problemas de saúde. Hoje em dia, a maioria das tintas são feitas com ingredientes hipoalergénicos, o que não significa que não estejam isentos de substâncias que possam desencadear problemas adversos. Em geral, os componentes das tintas variam consoante a cor da tinta, uma vez que cada cor é obtida através da mistura de diferentes elementos.

As variantes das tintas, impurezas e qualidades

  • Vermelho: as tintas vermelhas incluem cinábrio, um componente à base de mercúrio. É por isso que é uma das tintas que mais reações alérgicas pode desencadear.
  • Preto: contém maioritariamente carbono e óxido de ferro, pelo que a probabilidade de efeitos adversos é muito baixa.
  • Verde: o seu componente principal é o crómio.
  • Azul: a tinta azul tem como base os sais de cobalto.
  • Violeta: esta cor é maioritariamente à base de magnésio.
  • Branco: para obter esta tonalidade, é utilizado titânio ou óxido de zinco. Estes ingredientes são altamente alergénicos.
  • Amarelo: outra das tintas que mais alergénios contém. Isto deve-se ao facto de o cádmio e o sulfito de cádmio serem utilizados para obter a tonalidade amarela.

 

Testes de alergia antes de fazer uma tatuagem

Para evitar reações alérgicas que podem chegar a ser graves, o mais comum antes de fazer uma tatuagem é que o profissional encarregado faça alguns testes para descartar problemas posteriores. Alguns dos testes mais comuns são:

 

Parche de tinta

Trata-se de um teste muito simples. Consiste em colocar um parche embebido em tinta sobre a pele durante um dia inteiro. Se causar desconforto, como comichão ou irritação, o mais provável é ser alérgico a algum dos ingredientes. Por outro lado, se não houver qualquer problema, pode continuar com o processo.

Infiltração de tinta

Neste caso, realiza-se uma pequena infiltração de tinta sob a pele um ou dois dias antes da tatuagem ser efetuada. Se a pessoa não tiver qualquer problema ou intolerância à tinta, pode continuar a tatuagem sem qualquer problema. Este teste costuma ser muito recomendado, especialmente para pessoas que nunca foram tatuadas antes.

PT-ZI-2300002