Skip to content
Conduzir com alergia

Conselhos para conduzir apesar da alergia

O inverno não é a única época do ano em que conduzir na estrada se torna mais perigoso. A primavera também se converteu numa época complicada, quer não só pela instabilidade da estação, como também pelas alergias. Os condutores que sofrem de algum tipo de alergia têm um risco superior de sofrer de algum percalço ao volante.

Os sintomas costumam ser irritação dos olhos, espirros, congestão ou ardor na garganta, reduzindo assim a capacidade de reação e os reflexos durante o trajeto de carro.

Se é condutor e sofre de alergia, preste atenção aos nossos conselhos para diminuir os seus efeitos e evitar possíveis sustos na estrada.

Janelas fechadas

A primeira medida básica a ter em conta tem a ver com as janelas do carro. Dado que a primavera é a época de maior polinização, convém conduzir sempre com as janelas fechadas para evitar que as partículas de pólen entrem no veículo. Outra opção é utilizar óculos de sol para proteger os olhos.

Não utilizar o ar condicionado

Pelos mesmos motivos que o conselho anterior, ligar o ar condicionado do carro (se este não tiver filtro antipólen), fará com que ao utilizar o ar exterior, entrem partículas que podem causar a reação alérgica.

Com as janelas abertas podem entrar partículas de pólen dentro do veículo, com o ar condicionado ligado pode ocorrer o mesmo, já que utiliza o ar exterior. Neste sentido, o melhor é não utilizá-lo a não ser que possua filtros antipólen no sistema de ar condicionado.

Evitar viajar ao amanhecer

Este conselho é importante porque o amanhecer é considerado o momento do dia em que a concentração de pólen é mais elevada. O motivo deve-se à humidade, ao frio da noite e aos primeiros raios de sol, que fazem com que o pólen esteja mais instável que o normal, esvoaçando pelo ar sem assentar.

Também não é recomendável viajar durante o entardecer, assim, o melhor é evitar ambas as faixas horárias. Se a viagem for longa e não tiver outra opção, consulte sempre o seu médico.

Planificar a viagem com antecedência

Da mesma forma que não convém viajar quer ao amanhecer quer ao entardecer, também convém conhecer com exatidão o percurso que vai realizar, prestando especial atenção às zonas mais húmidas, a quantidade de pólen do destino, etc.

Manter o veículo em perfeito estado

Com isto queremos dizer que é importante manter o veículo limpo, sobretudo se viajar com animais, pois a pelagem de cães e gatos costuma provocar bastante alergia. A nossa recomendação? Utilizar um aspirador potente e prestar especial atenção aos estofos e aos tapetes.

 

PT-P-ZI-ALY-1900018

Deve ler cuidadosamente todas as informações constantes da embalagem do medicamento e do seu folheto Informativo e, em caso de dúvida ou de persistência dos sintomas, deve consultar o seu medico ou farmacêutico.