Saltar al contenido
Limpeza o carro

Como limpar o carro para minimizar os sintomas da alergia ao volante

Sabia que uma limpeza semanal completa do seu veículo previne a proliferação de ácaros, pólen, pó e bactérias no seu interior? A primavera apresenta-se como um grande inimigo para todas aquelas pessoas que sofrem de alergias. Este tipo de reações ocorre quando o sistema imunológico se altera ao entrar em contacto com os alergénios, provocando sintomas como espirros, comichão nasal ou vermelhidão dos olhos que causam graves incómodos a quem sofre delas. Para evitá-lo, é conveniente que saiba que uma correta e frequente limpeza do seu carro pode ajudar a minimizar bastante estes sintomas. Quer saber como? Continue a ler para descobrir toda a informação.

Comece pelo interior

O aspeto ao qual deve prestar mais atenção no momento de limpar o seu carro, no que a alergias diz respeito, é aos tapetes, já que se trata de um dos locais do veículo onde se concentra mais sujidade. Neste ponto deve ter em conta que nem todos os tapetes são feitos do mesmo material, pelo que cada modelo deve ser lavado de acordo com as instruções para conseguir a eficácia desejada.

O melhor é extraí-los do veículo para sacudi-los e limpá-los em profundidade no exterior. Contudo, antes de – voltar a colocá-los quando estiverem limpos, deve ter a certeza de que limpou bem os estofos para evitar que estes se sujem facilmente quando colocar os tapetes. Lembre-se de tirar todos os objetos, papéis e demais coisas que foi acumulando ao longo do tempo e cuja única função é acumular pó e sujidade.

Limpe os estofos em profundidade

Deve limpar os estofos do seu automóvel em profundidade para que fiquem como novos eliminando, assim, todos os ácaros e alergénios que existem entre as suas fibras. É nos têxteis onde se acumulam os patogénios que potenciam as alergias, pelo que as espumas secas serão as suas melhores aliadas no momento de eliminar a sujidade que se esconde entre os fios e o tecido do seu carro.

Preste atenção aos vidros e painel de instrumentos

Não se esqueça de limpar todas as janelas e retrovisores com um líquido limpavidros para ficarem impolutos. Relativamente aos restantes elementos de plástico como o porta-luvas ou o painel de instrumentos pode utilizar produtos antiaderentes para evitar que o pó se acumule na superfície.

A limpeza do exterior: o último passo

Uma vez limpa e desinfetada toda a parte interior do seu veículo, toca a fazer o mesmo com o exterior. Para isso, é recomendável utilizar programas que eliminem a presença do pólen, resina, insetos e deposições de aves, já que estas últimas possuem um poder corrosivo que pode deteriorar a pintura e o brilho da carroçaria.

 

PT-P-ZI-ALY-1900017