Saltar al contenido
champĂ´ provoca-lhe alergia

O seu champô provoca-lhe alergia? 🧴

Depois de lavar o cabelo, sente muita comichão, ressecamento ou descamação na zona? Pode sofrer de alergia a certos champôs. Atualmente é uma das principais causas de sensibilidade no couro cabeludo. Dizemos-lhe tudo sobre esta alergia tão comum!

Que efeitos tem esta alergia? Quais são as reações?

Cada pessoa pode sofrer reações em diferentes níveis e intensidades. Ou seja, dependendo do grau de sensibilidade e do tipo de couro cabeludo, as reações serão mais leves ou mais agudas.

Depois de aplicar o champô, os sintomas podem aparecer em qualquer momento, muitas pessoas começam a notar comichão e desconforto mesmo durante a lavagem ou, pelo contrário, vários dias depois. As reações mais comuns e generalizadas são comichão, inchaço ou ressecamento na zona do couro cabeludo, reações associadas à conhecida dermatite de contacto.

Em algumas pessoas, estes sintomas podem ser acompanhados de caspa e irritação. Além disso, em certos casos também sofrem de vermelhidão na pele, erupções cutâneas, ardor, etc.

Porque aparece?

Principalmente, a alergia ao champô é provocada por certos componentes do produto. Esses ingredientes geram uma reação no sistema imunitário que desencadeia os sintomas já mencionados. Estas são as causas mais comuns:

  • Sulfatos como lauril sulfato de sĂłdio, laureth sulfato de sĂłdio ou laureth sulfato de amĂłnio
  • Conservantes como Kathon CG
  • Ă“leos essenciais ou ingredientes naturais como lavanda, camomila ou perfume de rosas.

Além destes elementos, existem também outros componentes e fatores que contribuem para ter uma maior predisposição para sofrer uma reação no couro cabeludo após o uso do champô:

  • O fator climático (frio ou calor)
  • Alterações hormonais (menstruação, gravidez ou menopausa)
  • Stress ou ansiedade
  • Sofrer de algum tipo de alergia alimentar

Qual será o tratamento a seguir?

Para aliviar os sintomas desta reação e evitar uma crise alérgica no futuro, o primeiro passo é consultar um dermatologista especialista sobre o tipo de produto mais indicado para o seu caso específico. Até encontrar a melhor opção, o mais aconselhável é evitar por completo o referido produto e tentar usar um substituto mais natural, livre de conservantes e ingredientes químicos. Encontrar o artigo mais adequado pode tornar-se numa tarefa árdua, já que a grande maioria dos champôs do mercado contém esses ingredientes em maior ou menor grau. Embora seja um processo de procura exaustivo, atualmente existem várias lojas especializadas em produtos orgânicos sem aditivos, corantes e perfumes que podem ser a alternativa perfeita.

Outros produtos cosméticos que causam reações alérgicas

Pessoas com alergia ao champô também costumam sofrer reações a outros cosméticos com ingredientes semelhantes, como:

  • As tintas para o cabelo (classificadas como semipermanentes e permanentes) sĂŁo muitas vezes responsáveis ​​por uma infinidade de reações alĂ©rgicas no couro cabeludo. A reação aparece pouco tempo depois ao longo da linha do cabelo, couro cabeludo e cara.
  • Cremes faciais. Os produtos hidratantes costumam provocar reações, principalmente devido Ă  sua alta composição de fragrâncias, conservantes, Ăłleos essenciais, etc.
  • Produtos de limpeza corporal ou facial. Geralmente, sĂŁo compostos por tensoativos, fragrâncias, conservantes… Os sintomas causados ​​por estes produtos sĂŁo mais suaves graças ao facto de que, apĂłs o seu uso, sĂŁo enxaguados e grande parte Ă© retirada da pele.
  • A alergia aos perfumes Ă© uma das alergias cutâneas mais comuns. As substâncias que o compõem e a mistura de ingredientes quĂ­micos fazem das fragrâncias um cocktail realmente perigoso para as pessoas com forte sensibilidade na pele.
  • Desodorizantes. Muitos desodorizantes contĂŞm alumĂ­nio, perfumes e outros ingredientes antitranspirantes (parabenos, lanolina, propilenoglicol…) que provocam irritação e comichĂŁo significativas.

alergia champĂ´

PT-N-ZI-ALY-2200008