Saltar al contenido
alergia medicamento

Como saber se sofro de alergia a um medicamento? 4 sinais de advertência

As rea√ß√Ķes al√©rgicas a determinados medicamentos podem manifestar-se de diferentes formas em cada indiv√≠duo, dependendo da capacidade de cada organismo para se defender contra elas. Em alguns casos √© muito evidente, mas noutros √© dif√≠cil distinguir se se trata de um surto al√©rgico ou de outra patologia. Para o ajudar a identificar os sinais que o seu corpo envia sobre poss√≠veis alergias, aqui encontra os quatro sinais-chave.

Todos os medicamentos que s√£o comercializados devem ser acompanhados de um folheto informativo que revele informa√ß√Ķes sobre a sua composi√ß√£o, recomenda√ß√Ķes de utiliza√ß√£o, condi√ß√Ķes que impe√ßam a sua ingest√£o e poss√≠veis efeitos adversos. Contudo, √© importante ter em mente que uma alergia n√£o √© o mesmo que um efeito secund√°rio, j√° que se trata de uma falha provocada no sistema imunit√°rio. √Č portanto necess√°rio saber identific√°-la adequadamente.

Uma das particularidades dos medicamentos √© que qualquer um deles pode causar alergias em determinados grupos populacionais, embora seja verdade que alguns medicamentos tendem a causar mais alergias do que outros. A Organiza√ß√£o Mundial de Sa√ļde publicou um manual para aprender a avaliar os sistemas de farmacovigil√Ęncia, incluindo as rea√ß√Ķes al√©rgicas aos medicamentos. Mas como podemos saber se estamos a sofrer um surto al√©rgico causado pela toma de um medicamento? Continue a ler!

4 sinais de alerta que indicam uma reação alérgica a um medicamento

N√£o √© dif√≠cil perceber que as alergias a medicamentos podem ser um grande problema de sa√ļde se forem muito adversas. Por conseguinte, √© importante permanecer alerta e ser capaz de identificar rapidamente os sinais que o nosso corpo emite, para antecipar a tempo uma poss√≠vel alergia.

  • Erup√ß√Ķes cut√Ęneas

Uma das consequ√™ncias mais frequentes de uma alergia a drogas √© uma rea√ß√£o at√≥pica. Geralmente, uma urtic√°ria, erup√ß√£o cut√Ęnea ou eczema, que s√£o acompanhadas n√£o s√≥ por uma erup√ß√£o cut√Ęnea, mas tamb√©m por uma intensa sensa√ß√£o de comich√£o e ardor.

O que é uma urticária

  • Incha√ßo

Outro sinal claro de uma alergia a medicamentos é o inchaço de certas partes moles do corpo, como a língua, as pálpebras ou os lábios. Nestes casos, ocorre o que é conhecido como angioedema alérgico, que consiste numa acumulação de líquido produzido pela histamina.

  • ¬†Dificuldade respirat√≥ria

Al√©m de consequ√™ncias dermatol√≥gicas, as alergias a medicamentos tamb√©m podem provocar determinadas dificuldades respirat√≥rias ou doen√ßas relacionadas com o sistema respirat√≥rio. Isto pode variar desde uma tosse mais intensa a sibil√Ęncias (um pequeno sibilo que as pessoas com problemas respirat√≥rios emitem devido ao estreitamento das vias), ou gotejamento nasal, o que tamb√©m dificulta a exala√ß√£o do ar.

  • Anafilaxia

A anafilaxia √© a manifesta√ß√£o mais grave de qualquer alergia, e requer uma interven√ß√£o urgente no caso de ocorrer. Neste caso, existem diferentes sintomas que indicam esta rea√ß√£o do sistema imunit√°rio, que costumam ocorrer de forma simult√Ęnea. Estes variam desde tonturas e v√≥mitos a falta de ar, urtic√°ria severa, c√≥licas e dores abdominais ou taquicardia.

Fatores de risco para desenvolver alergias farmacológicas

Na realidade, qualquer pessoa pode sofrer uma alergia a um determinado medicamento sem raz√£o aparente. Contudo, existem alguns fatores que podem aumentar as probabilidades de isso acontecer:

  • Sofrer de outras alergias, como as alergias alimentares ou as alergias ao p√≥len, p√≥ e outros agentes.
  • Antecedentes familiares de alergias a medicamentos.
  • Sobre-exposi√ß√£o e ingest√£o excessiva de um determinado medicamento por uso repetitivo, prolongado ou em doses mais altas que o recomendado.
  • Doen√ßas associadas a rea√ß√Ķes al√©rgicas devido a baixa contagem de linf√≥citos ou imunodefici√™ncia adquirida.

 

Que medicamentos s√£o mais suscet√≠veis de provocar mais rea√ß√Ķes al√©rgicas?

Como mencionámos anteriormente, qualquer medicamento tem o potencial de provocar uma reação alérgica. Contudo, a comunidade científica identificou alguns medicamentos que tendem a causar alergias de forma mais frequente, ou pelo menos estão associados diretamente a alergias:

  • Antibi√≥ticos, sendo a alergia √† amoxicilina ou √† penicilina¬†algumas das mais comuns.
  • Analg√©sicos, como o ibuprofeno ou a aspirina.
  • F√°rmacos para combater as doen√ßas autoimunes.
  • Insulina.
  • Anticonvulsivos.
  • Subst√Ęncias iodadas.
  • Sulfamidas.

Chaves para combater a alergia a f√°rmacos

O tratamento mais indicado para combater as alergias a medicamentos depender√° da natureza das mesmas e da sua gravidade. Se tiver uma rea√ß√£o cut√Ęnea que n√£o seja grave, provavelmente ser√° suficiente aplicar uma pomada com composto anti-histam√≠nico para acalmar a comich√£o.

Se sofrer de problemas respiratórios, poderá necessitar de utilizar broncodilatadores ou inaladores semelhantes aos utilizados pelas pessoas asmáticas, que visam alargar as vias respiratórias para facilitar a exalação do ar.

As rea√ß√Ķes al√©rgicas mais graves podem exigir a aplica√ß√£o de f√°rmacos mais potentes como corticoides; e nos piores casos, quando ocorre anafilaxia, √© essencial uma inje√ß√£o urgente de epinefrina ou adrenalina.

Em qualquer caso, se pensa que está a sofrer de uma reação alérgica a um determinado medicamento, a melhor prevenção é consultar com o seu médico que alternativas tem para substituir o referido fármaco e que tratamento é o mais adequado.

alergia medicamentos infografia

PT-N-ZI-ALY-2200050