Skip to content
alergias e dor na mandíbula

As alergias podem causar dor na mandíbula?

Sofre de dor na mandíbula? Provavelmente pensará numa dor de dentes ou bruxismo como causas principais. Mas e se lhe disséssemos que as alergias também podem causar este tipo de desconforto? Para sermos ainda mais específicos, a rinite alérgica é geralmente a causa. Se quiser saber todos os detalhes, encontrará respostas às suas perguntas neste post. Continue a ler!

Alergias, seios nasais e dores na mandíbula: qual é a relação?

Os sintomas das alergias causam vários desconfortos no corpo, desde tosse seca e espirros até gotejamento e muco nasal. Estes tipos de doenças podem mesmo causar obstruções das fossas nasais, provocando fortes dores na mandíbula que, neste caso, não têm nada a ver com bruxismo. Para além da pressão nasal que as pessoas com rinite alérgica sofrem, quando os seios nasais ficam obstruídos e inflamados, esse desconforto também deriva para a parte inferior da mandíbula, inclusive para outras zonas do rosto e da cabeça, provocando as habituais dores de cabeça.

Além disso, devemos falar não só de obstrução da mucosidade, mas também de espirros ou tosse seca que provocam tensão muscular e um sobre-esforço quase contínuo da boca. Por exemplo, se, após uma noite de congestão, precisar de respirar de forma contínua pela boca, o desconforto aparecerá inevitavelmente na sua mandíbula pela manhã.

Mas que tipo de desconforto específico pode causar no rosto?

  • Dores fortes na mandíbula e dentes.
  • Zona das bochechas sensível.
  • Dores de cabeça nas têmporas.

É importante mencionar que estas queixas costumam piorar à noite ou quando se deita e sente-se melhor quando está sentado ou em pé.

O que são os seios nasais e qual é a sua função?

Também conhecidos como seios paranasais, são cavidades cheias de ar nos ossos faciais e no crânio, e que se unem através do nariz. Esta abertura é conhecida como o ostium.

Existem quatro tipos localizados em cada lado do rosto:

  1. Seios nasais frontais. São grandes e estão localizados na parte frontal do rosto (testa, sobrancelhas e órbita dos olhos). Tal como nos outros seios faciais, estes variam em tamanho e forma, dependendo da pessoa.
  2. Seios nasais etmoidais. Encontram-se entre os olhos e o nariz, e neste caso, são muitos e muito pequenos.
  3. Seios nasais maxilares. Nesta ocasião, falamos dos maiores dos quatro grupos. São três espaços em forma de pirâmide mesmo no centro do rosto.
  4. Seios nasais esfenoidais. Encontram-se no osso esfenoide – entre os olhos – e atrás do nariz.

O objetivo destas cavidades é muito amplo. Alguns dos mais importantes são: reduzir o peso da cabeça, proteger o nariz das mudanças de temperatura, prevenir qualquer tipo de dano causado por um impacto, estão envolvidos no timbre da voz de cada pessoa, evitam que o nariz seque e retêm o pó ou os alergénios.

Cuide dos seus seios nasais para que isto não ocorra

Para evitar ou reduzir este problema, os médicos recomendam vivamente que não nos esqueçamos das cavidades nasais e que também cuidemos delas, tal como fazemos com outras partes do nosso corpo e organismo. Naturalmente, o primeiro passo para manter a dor na mandíbula ou a dor de cabeça à distância é prestar muita atenção aos sintomas da alergia. Além disso, descubra agora outros conselhos úteis para manter as suas fossas nasais saudáveis, tome nota!

  • Os sprays nasais são a ferramenta perfeita quando se nota uma secura excessiva no nariz. Também pode utilizar soluções salinas para o humedecer.
  • Faça uma dieta saudável, beba muitos líquidos durante o dia e pratique desporto de forma regular, o seu corpo e o sistema respiratório agradecem-lhe.
  • Lave as mãos com frequência. Embora possa parecer um detalhe menor, evitará que as doenças sejam transmitidas mais facilmente, sobretudo no inverno ou primavera.
  • Alguns irritantes como a poluição, o tabaco ou o cloro das piscinas afetam os seios nasais, inflamando-os. Por exemplo, no caso das piscinas, é preferível evitá-las e banhar-se em águas naturais ou salgadas.
  • Evite na medida do possível os antibióticos e os esteroides que afetam a microbiota.

A Síndrome da Alergia Oral: outra causa da dor na mandíbula

Este problema alérgico (SAO) que afeta principalmente a garganta e a boca, é causado pela ingestão de fruta, vegetais ou frutos secos. Os sintomas, principalmente formigueiro, comichão, inflamação ou vermelhidão na zona, acabam por afetar a mandíbula se ocorrerem de forma recorrente. A pressão e sobretudo a inflamação é transferida para esta zona da boca, causando um desconforto considerável tanto nos maxilares como no resto do rosto.

Deve ler cuidadosamente todas as informações constantes da embalagem do medicamento e do seu folheto Informativo e, em caso de dúvida ou de persistência dos sintomas, deve consultar o seu medico ou farmacêutico.